Entenda a importância da previsibilidade de fluxo de caixa para sua empresa

A gestão financeira de uma empresa é um dos aspectos mais importantes na administração. Afinal, ela está envolvida em toda a rotina do negócio. E muitos planos dependem do bom gerenciamento do dinheiro — por exemplo, suas decisões de investimentos. Basicamente, nada na empresa pode funcionar sem uma gestão financeira eficiente. Mas, infelizmente, muitos gestores enfrentam dificuldades exatamente nessa questão.

O fluxo de caixa diz respeito ao controle das entradas e saídas de dinheiro em uma empresa. Então, ele envolve movimentações financeiras cotidianas — como contas a receber e a pagar, receitas, pagamentos realizados etc. O controle do fluxo de caixa é uma atividade essencial para encontrar saúde financeira da empresa, possibilitando manter as contas organizadas e realizar projeções futuras.

É aí que entra o conceito de previsibilidade de fluxo de caixa. Prever entradas de caixa significa realizar projeções a partir de dados históricos. Fazer previsões é fundamental para um controle eficiente do departamento.

Ter uma boa previsão de caixa permite observar as condições futuras do negócio de maneira mais ampla para a administração estratégica. Logo, torna-se mais fácil tomar decisões e pensar na gestão da empresa com olhar mais global.

É impossível gerenciar as finanças com qualidade sem conhecer — e projetar — as entradas e saídas em um determinado período de tempo. Se isso não é feito, os gestores trabalham sem informações suficientes para basear suas escolhas.

A gestão de contas a receber é o ponto central da previsibilidade de caixa, afinal nós sempre sabemos exatamente quando temos que pagar uma fatura de fornecedor e se temos caixa para isso, mas nunca sabemos com 100% de certeza se nossos clientes farão o pagamento no dia de vencimento de seus compromissos. Neste contexto, as faturas não pagas pelos clientes provocam impacto negativo na geração de caixa. A inadimplência é a inimiga número 1 da gestão financeira e do negócio como um todo, pois além de gerar muitos problemas para os times no departamento de contas a receber, ela desvaloriza toda a dedicação do time comercial da empresa para ampliar o volume de vendas.

Além da inadimplência, outro fator muito importante que impacta a previsibilidade de caixa é o processo ineficiente de conciliação de pagamentos, pois quando os clientes efetuam pagamentos via depósitos ou transferências eletrônicas e a empresa não consegue identificar e baixar rapidamente os pagamentos, não é possível saber quem efetuou os pagamentos em dia, quem atrasou e, portanto, saber as taxas de pagamentos em dia para uma correta projeção de entradas futuras de caixa e do capital de giro necessário.

Considerando que ter previsibilidade de fluxo de caixa é muito importante na gestão do departamento financeiro, alguns indicadores devem ser acompanhados pelos gestores, são eles:

#1 Previsão de recebimentos diários: ter uma expectativa de recebimentos é fundamental, tanto para faturas em dia, como para as atrasadas e para acordos e renegociações.

 

#2 Taxas de quebras de pagamentos diários: tão fundamental quanto saber o valor total que temos para receber, é saber o quanto de fato vamos receber deste valor, a partir de dados históricos.

 

#3 Distribuição da Carteira Por Faixa de Atraso (Aging da carteira): importante acompanhar como estão os atrasos de pagamentos em função do tempo.

 

#4 Taxa de rolagem da carteira:  observe quantas faturas estão ‘envelhecendo’ ao longo do tempo por faixa de atraso. Quanto maior sua taxa de rolagem da carteira, menor tende a ser sua geração de caixa.

Há muitos outros indicadores fundamentais para o acompanhamento efetivo do contas a receber que resultam em maior previsibilidade de caixa. Além de indicadores, é fundamental que as atividades de controle, comunicação, meios de pagamento e cobrança estejam muito bem desenhadas e implementadas pelo time. Apenas o conjunto de todas essas ações levará à gestão eficiente de fluxo de caixa no departamento financeiro.

 

Os benefícios da previsibilidade do fluxo de caixa

Quando se fala sobre fluxo de caixa é normal que o capital de giro seja um assunto presente. Mas é interessante perceber que a previsibilidade, na verdade, pode gerar a vantagem de precisar de um capital de giro menor.

Isso acontece porque, quando as finanças são projetadas frequentemente e é possível contar com as sobras na diferença entre entradas e saídas, você não precisa lançar mão de um capital maior para injetar nas contas rotineiras da empresa. Note que a menor necessidade de capital de giro corresponde a maior capital disponível para investimentos, portanto, lembre-se do custo de oportunidade associado a este capital.

Assim, há maior saúde financeira. O planejamento e o acompanhamento constantes tornam mais fácil a gestão. Consequentemente, não é necessário ter um suporte ou uma reserva tão presente para lidar com imprevistos e problemas.

A previsão de entradas e saídas também traz a vantagem de impulsionar o negócio. Ao considerá-la, você pode tomar decisões acerca de investimentos que beneficiem a empresa sem impactar na saúde financeira. Por exemplo, fazer uma nova campanha de marketing ou comprar mais produtos.

Entre as vantagens, também podemos citar a possibilidade de gerenciar prazos de pagamento ou recebimento da maneira que fique melhor para o seu caixa. Além disso, a previsibilidade é uma aliada no momento de planejar solicitações de crédito.

Com tantos benefícios, também é possível vivenciar um aumento no desempenho do negócio. Começamos este conteúdo falando que a gestão financeira está no centro de qualquer empresa. E você certamente está percebendo isso, não é?

 

Como ter previsibilidade de caixa

Ao longo deste artigo você conheceu algumas vantagens de ter previsibilidade do fluxo de caixa. Mas, afinal, como ter um fluxo de caixa previsível? Há alguns passos e dicas que podem lhe ajudar.

A primeira etapa é levantar ferramentas para o controle de entradas e saídas. Fazer manualmente pode ser algo prejudicial, especialmente para médias e grandes empresas. Assim, softwares especialistas são recursos fundamentais para ajudar no controle.

Mantenha os registros de pagamentos dos clientes sempre atualizados para o período estipulado, considerando todas as movimentações financeiras. Tenha o cuidado, ainda, de classificar cada cliente em função de seu comportamento de pagamento, isso ajuda muito na aplicação de ações de cobrança para cada perfil, aumentando a recuperação e reduzindo despesas operacionais.

Não se esqueça de acompanhar frequentemente os registros para avaliar as informações e tomar decisões a partir delas. Opte por utilizar a tecnologia em seu favor, contando com um CRM Inteligente no cotidiano do negócio.

Contar com uma plataforma de CRM especialista em contas a receber, por exemplo, permite que você economize muito tempo. Ela atua no controle financeiro, na conciliação de pagamentos, na gestão de todo o processo de cobrança e, ainda, tem ferramentas para previsão de geração futura de caixa.

Que tal conhecer o melhor sistema para o seu negócio ter previsibilidade de caixa e muita eficiência na gestão de contas a receber e cobrança? Veja como funciona a plataforma Receiv!

 

 

Fluxo de caixa, o que é fluxo de caixa, para que serve fluxo de caixa, fluxo de caixa previsível, médias e grandes empresas, CRM especialista em contas a receber, controlar fluxo de caixa, contas a receber